Sinto muito

Quando tu diz que já não sente,

Eu sei que mente.

Quando tu escondes de mim seu sorriso

E desvias do meu caminho,

Eu sei quem está com o orgulho ferido

E coração apertado.

Eu.

Não sou digno de seu sorriso,

De suas ruas, quiçá calçadas.

 E esse orgulho que me massacra

E aperta meu coração,

Já não merece seus sentimentos.

Esses que você mente

Quando diz que já não sente,

Mas eu sei que sente.

E eu também sinto.

Muito.

Sinto muito.

Larissa Lisboa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s