Esconde-esconde

Procurei debaixo da mesa,
Atrás do sofá e da porta,
Não encontrei.
Pensei que estava atrás do vaso de plantas,
Ou debaixo da cama,
Talvez na varanda,
Não encontrei.
Procurei por toda a casa,
Nada!
Fui às ruas
Em alguns parques, livrarias e shopping
E nenhum sinal.
Voltei para casa, exausta.
Tomei um banho,
Fui para o quarto
Me deparei com um espelho.
Me encontrei.
Eu estava em mim o tempo todo.
Se tivesse reparado nesse espelho mais cedo
Teria me poupado desse esconde-esconde
Que provoquei entre mim e minha alma.

Larissa Lisboa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s