Me apaixonei pelo o que inventei

Eu me apaixonei

Pelo o que inventei

De você.

Inventei o seu modo de sorrir

E o seu jeito de falar.

Inventei o seu perfume

E a maneira de me abraçar.

Inventei o gosto do seu beijo

E o brilho do seu olhar.

Inventei as nossas conversas

E até as suas piadas sem graças.

Inventei passeios pela cidade

E encontros em sua casa.

Te inventei por inteiro 

E me apaixonei,

Mas já não sei 

Quem é você 

Por trás do personagem 

Que eu criei.

Larissa Lisboa.

2 comentários em “Me apaixonei pelo o que inventei

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s