Conheci a pessoa certa na hora errada

Conheci a pessoa certa na hora errada. Quando comecei a imaginar planos com ela, os dela já estavam concretos com uma outra pessoa. Quando conheci o sorriso dela, ele já pertencia a um outro alguém. Quando o meu olhar cruzou com o dela, foi por acaso, porque ela estava procurando um outro olhar em meio à multidão. Quando senti o abraço dela, ele já era casa de um outro alguém. Quando senti o perfume dela, ele já era o cheiro da blusa de uma outra pessoa, que usava para dormir. Quando a conversa estava ficando boa, ela teve que partir para conversar com um outro alguém.

Eu conheci a pessoa certa na hora errada e toda semana a sexta-feira vem para me lembrar disso. A sexta-feira joga sujo. Me permite ter de sábado a quinta para me convencer de que está tudo bem, até ela chegar e me deixar confusa.

O seu jeito doce me confunde, o seu sorriso me desmancha. O seu abraço me conforta e o seu perfume floresce o sentimento em minha pele. 

Eu conheci a pessoa certa na hora errada, e o seu olhar me prova isso toda sexta-feira.

Larissa Lisboa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s