Indecisão 

Não sei se dou voz a razão

Ou se escuto o coração

E mergulho de cabeça 

Nessa relação.

Não sei se digo sim 

Ou se digo não 

Para o sentimento

Que floresceu.

Não sei se permito

Nos tornarmos em “nós”

Ou se evito o “eu”

Se quebrar em pedacinhos

Sempre que lembrar do seu sorriso

E ter a certeza de que foi embora

Para nunca mais voltar.

Enquanto eu não parar

De pensar no futuro,

As relações no hoje 

Já não serão tão aproveitadas

E talvez o sofrimento 

Que eu tanto evito sentir

Poderia causar em você 

Se eu dissesse sim agora.

 

Larissa Lisboa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s