Uma linda bagunça

Você chegou e trouxe consigo
Uma bagunça imensa,
Na qual estou tentando me adaptar.
Bagunçou a gaveta,
Nem mencionarei o armário,
Ainda trocou os móveis de lugar.
Não sei onde estão os sapatos,
Tampouco a minha camiseta…
Será que está na máquina de lavar?
Tudo está uma bagunça!
Fui procurar a tristeza que tinha organizado
E encontrei um sorriso bagunçado
No porta-retrato da estante.
Você bagunçou a minha vida,
Minha cabeça
E o meu coração.
Bagunçou a casa
E me bagunçou por inteiro
Para ter o seu aconchego.
Confesso que é a bagunça mais linda que já vi,
Que chego a desafiar os organizados de plantão 
Se, de vez em quando,
Algo que está fora do lugar comum
Não parece estar no lugar mais certo do que antes.

Larissa Lisboa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s