Estou de mudança!

Aqui já não é mais o meu lugar!

Me despeço das paredes

E dos móveis

Que tropecei por anos na madrugada.

Me despeço da rotina cansativa

Que suplicou por mudança

E me enquadrou num porta retrato,

De forma que eu ainda pertencesse

A este lugar.

Estou de mudança!

Pego umas roupas e uns livros,

Coloco tudo dentro de uma mochila

Com dores e anseios de novos sorrisos,

Prestes a se instalar em um novo lugar.

Estou de mudança!

A mudança é muda

E muda:

Muda o meu comportamento,

Os meus gostos

E o meu passatempo.

A mudança me reapresenta

À pessoa que sempre existiu em mim,

Mas que estivera ofuscada por anos

Pela rotina incessante que me domou.

Estou de mudança!

Que muda, me muda

Silenciando o meu exterior,

Que já é de costume aos arredores,

Mas causando um completo barulho

Em meu interior,

Que interiorizou tanta coisa em silêncio

E agora muda com muito barulho

Todas as coisas que eu guardava aqui dentro

E que já não se permitem calar

Diante ao costume.

Estou de mudança!

E estou pronta para que ela me mude,

Mas agora não será muda.

Estou de mudança

E este novo lugar precisa de voz.

Larissa Lisboa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s