O que você faria nos seus últimos segundos?

A vida passa num estalar de dedos, num piscar dos olhos. Em questão de segundos tudo pode mudar e, cá entre nós, o que você faria nos seus últimos segundos?
Sabe aquele abraço que você sente saudade, mas a distância ou o orgulho o afasta de você? Estique bem os braços e abrace o mais apertado possível!
Sabe aquele sorriso que você só se recorda quando fecha os olhos? Quem sabe ele não é o real motivo pelo qual você deixava à mostra toda a sua arcada dentária? Vai lá e arranque esse sorriso de você sabe bem quem.
E aquela conversa que você não terminou? Abraça um vinho ou uma lata de cerveja e coloca o papo em dia.
Lembra aquele beijo que você deixou de arriscar por ter medo de por tudo em risco? Arrisque! 
Eu estava ouvindo no rádio agora há pouco aquela música que você dançava na chuva. Hoje não escuto mais o radio tocar em sua casa… Já olhou pela janela? Está prestes a chover e você sabe muito bem o que quer fazer.
Sabe aquele pedido de desculpas? Peça! Faz um bem danado reconhecer os seus próprios erros.
Sabe aquela caixa de ferramentas que você guarda na garagem e só usa quando precisa consertar as coisas? Não estou dizendo que você irá precisar de um alicate agora, mas use o seu coração como ferramenta e conserte as coisas com as palavras.
Você não tem olhado muito para o espelho, né? Já disse a si mesmo hoje que você se ama? Ah, é tão bom ter amor próprio.
Não tem aquela proposta de emprego que pintou para você? Vai lá! Se por um acaso não der certo, a gente ajeita o seu currículo e tenta de novo.
Quer experimentar algo novo no cabelo? Apoiado! Cabelo cresce!
São tantas coisas que você quer fazer, então faça!
Arrisque-se. Viva. Dance. Cante. Corra. Agradeça. Faça amigos. Mude. Sorria. Chore. Viaje. Estude. Comemore. Peça desculpas. Orgulhe-se de quem és e não tenha um orgulho ferido. Alegre-se. Tenha coragem. Etcetera e tal.
Só quero lembrar que o tempo está passando e que talvez você não consiga resolver todas as suas pendências quando os seus últimos segundos chegarem. Então viva o agora. Conserte o agora. E, felizmente, quando os seus últimos segundos chegaram, você irá agradecer pela história que viveu.

Larissa Lisboa.

Um comentário em “O que você faria nos seus últimos segundos?

  1. Sei bem disso… O quanto, no meu caso o medo, mas para outras pessoas outros motivos, pode nos impedir de viver, nos deixando apenas a sorte de talvez no futuro olhar para trás e perceber que de fato estávamos por aqui, mas faltava vida dentro de nós! Que ainda haja, para todos nós, tempo de em vida viver!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s