O sol há de brilhar

Ultimamente o clima aqui não estava sendo compatível com as previsões do noticiário das 20h.
O calor previsto para a última semana beiraria aos 38 graus, mas o meu desespero me congelou se aproximando dos 12 graus.
Fazia tempo que eu não via o sol, pois a vida me inclinou para para uma tempestade de situações acompanhadas por constantes ventanias emocionais. Me senti as casinhas dos três porquinhos sendo sopradas pelo lobo mau, prestes a desmoronar.
Mas a vida tem que seguir, não é mesmo? E nós somos os principais responsáveis pela mudança de nós mesmos… E então coloquei o rádio para tocar enquanto criava forças para me reconstruir.
“Melhor viver meu bem, pois há algum lugar em que o sol brilha para você”, cantarolavam Jeneci e Lavieri na minha playlist.
Aprendi a dançar na chuva que tinha desaguado sobre mim. Entendi que o vento estava levando os meus problemas. Compreendi que felicidade é só questão de ser. Tive a certeza de que o lado bom da vida só dependia do meu olhar. E que, em breve, o sol há de brilhar.
Desde então as previsões do clima tempo continuam, a playlist continua, e a minha vida tem seguido aqui também.

Larissa Lisboa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s